04/06/2007

Carvalho




Este é um carvalho do qual já mostrei algumas imagens em alguns foruns.

Os carvalhos são conhecidos por terem uma raiz pivot enorme o que dificulta bastante o yamadori tendo que se proceder a uma redução gradual dessa raiz.


Neste caso optei por uma solução radical cortando-a já com o tamanho definitivo, uma vez que na parte superior tinha bastantes raizes capilares.Penso ter resultado e ao fim de 4 meses tem bastante massa verde, acho que deverá ter recuperado bem. Infelizmente e para não quebrar a regra dos carvalhos serem muito propensos a doenças fungicas, este não quis ser diferente, mas já está a ser tratado com Milraz Combi que abrange ao míldio e o oídio.

Para o ano poderei começar a pensar em selecção de ramos e alguma modelação.

A duas primeiras fotos são da altura da recolha, onde se mostra o corte da raiz, a segunda é actual onde se pode ver as manchas dos fungos, mas onde dá para ver a massa verde que formou na pós recolha.



Mário Eusébio

6 comentários:

Márcio Meruje disse...

Olá Mário,


Bom... és a primeira pessoa que eu vejo a ter sucesso na recuperação de um carvalho.

Algumas perguntas da praxe:
Substrato ?

Data da recolha ?

Sombrinha ?

Pulverização ?

Abraço e obrigado,

Mário Eusébio disse...

Viva Márcio,

Obrigado, realmente ele há coisas....

Recolhido em Março, substracto bastante drenante, sem pulverização, aliás acho que uma das causas que o levou a apanhar oidio foi o facto de levar com a água da rega dos vasos de cima.

Sombra total...

Penso que um dos motivos para o sucesso é que estava cheio de brotes já a começar a mexer...

Abraços

Mário Eusébio

Susana disse...

Olá Mário,
estou a pensar transplantar um pequeno Carvalho que encontrei, ele tem cerca de 25cm, mas não tenho experiência com bonsai, e gostaria imenso de o resgatar pois sei que mais cedo ou mais tarde o local onde se encontra será limpo.
Gostaria que me desse algumas dicas de como proceder e quando o fazer. Obrigado. Tem um belo bonsai.

Cumprimentos,
Nuno Correia.

carol-fleck@hotmail.com disse...

Oi! eu gostaria de saber como fasso pra comprar um bonsai de carvalho, ja procurei em muitos lugares alguns inclusive me disseram que nao é possivel fazer um bonsai de carvalho.E se eu comprase um desses seus como me enviaria? O sobrenome da minha mae é carvalho, quero muito presentea la. qunato custaria um desse ai? Obrigada

Xano disse...

Ola sou o herique de onze, anos sou novo eu sei...
Mas ja tenho um bonsai que por acaso é um carvalho, pode-me dar dicas?

Jorge Alex disse...

Olá Mário.
Eu comprei um junipero e após alguns dias comecei a notar alguns ramos a secar e as pontas de outros castanhas, pelo que hoje apliquei Milraz combi. Eu procurei calda bordaleza mas não encontrei facilmente pelo que utilizei o Milraz que me foi recomendado. A minha questão prende-se com o facto da regularidade a que devo sujeitar o junipero a este tratamento? Será boa ideia manter o tratamento (na embalagem, para as vinhas, recomenda-se repetir o processo a cada 7-12 dias, pelo maximo de 3 aplicações), ou suspender/intercalar com a calda bordalesa? Outra dúvida acerca deste tratamento é se haverá algum problema em aplicar a o Milraz também ao substrato ou se devo proteger (hoje protegi, envolvi o vaso completamente em plastico e apenas pulverizei a folhagem, ainda assim suspeito que escorreu calda pelo tronco pois a terra ficou humida). No caso dos juniperos, sendo que é certamente um fungo, é mais provavel ser míldio ou oídio? Desde já obrigado por qualquer esclarecimento.