24/01/2012

Murta Han Kengai


Esta murta, depois de uns anos de recuperação sofreu a primeira modelação há uns tempos.

Agora, terá que densificar, mas felizmente já começa a rebentar de novo para a nova época.

Mário Eusébio

22/01/2012

Faias Gêmeas



Mais um ano e estas faias estão prontas para a nova época!

A evolução é lenta nesta espécie, é preciso ir aos poucos para que os ramos fiquem credíveis, por isso, ainda falta um longo caminho a estas árvores.

Mário Eusébio

19/01/2012

O segundo filho :)


Este é o segundo alporque tirado da árvore do "Post" anterior. Mais pequeno, deverá ter uns 30 cms de altura. Está já também a rebentar á semelhança dos outros com os mesmos "genes".

Está a reganhar vigor e á espera da desenvolver bem esta época.

Mário Eusébio

17/01/2012

O Pai


Bem, como o meu pai faz anos hoje :) Parabéns pai, coloco hoje a imagem actualizada do pai do Espinheiro publicado ontem e de um outro ainda por publicar.

Já está a iniciar a actividade depois de ter sido podado para deixa-lo pronto para mais uma época!

Mário Eusébio

16/01/2012

Crateagus monogyna - O recomeçar da actividade


No meu espaço, os espinheiros já estão a iniciar a actividade, apesar destes dias mais frios. Foi podado e continuará o desenvolvimento durante este época de crescimento!

Mário Eusébio

14/01/2012

Prunus - Mais um ano começa


Mais um ano começa na evolução desta prunus. Ainda falta muito para esta árvore chegar a bonsai! Muito "mochicomi"!

Mário Eusébio

10/01/2012

Prunus Avium - mais um ano...

Esta prunus avium vai evoluíndo! Mais uma ligeira poda e aramação!

Antes

Depois

Será que vai dar flores este ano?!

Altura +- 70 cms

Mário Eusébio

08/01/2012

Crateagus bunjin

Altura +- 120 cms

Mário Eusébio

Acer palmatum Deshojo

Foi feita uma poda de Inverno  neste Acer. Ainda falta um longo precurso, mas o caminho está a ser precorrido!

Antes


Depois


Mário Eusébio

06/01/2012

Prunus

Esta planta foi trocada com o Rafael do Alentejo por outra minha, entretanto quando chegou ainda continuei a formação iniciada pelo Rafael, mas não gostava dela tão alta, nem o nebari era o melhor, então num dos encontros semanais do Nosso grupo das quartas feiras Smile toda a gente chegou á conclusão que o melhor seria o alporque, como medida de resolver a altura e uma zona de conicidade invertida, optamos também por aligeirar os ramos e arranjar o corte no tronco escolhendo o ápice. Confesso que estava muito contente com o resultado, mas infelizmente depois de meter o vaso na mala do carro...na primeira curva o vaso virou e lá partiu o ápice , hipotecando todo a estrutura de ramos e frente escolhida.

A planta esteve o ano de 2011 a crescer livre para tentar construir um novo ápice, mas tal não foi possível e tive que mudar a frente escolhida para uma nova e reaproveitar os ramos deixados. Entretanto o alporque foi feito e a árvore desenvolveu boas raízes.

Aproveitando mais uma vez a ajuda do Pedro Almeida, cortamos o alporque, podamos e refizemos o ápice. 

Vou deixar um ramo, que está aramado, no ápice para crescer livremente e ajudar a tornar mais natural o corte no tronco. Aproveitou-se também para deixar visivel o uro no tronco.

Antes



Depois


Passou de cerca de 60 cms para cerca de 30 cms.

Mário Eusébio

04/01/2012

Ulmeiro Negral hokidachi

Mais um ano e nova poda no ulmeiro, este ano continuam os trabalhos de formação da ramificação fina.

Antes


Depois


Mário Eusébio

03/01/2012

Quercus Faginea - O Carvalho Portugués

Para terminar a saga das árvores XXL, o Pedro ajudou-me a dar uma primeira poda e escolher a linha de tronco.

Gosto particularmente das cores de outono desta espécie, mas no meu sitio, não ha frio que chegue, então a espécie assume um comportamente semi-perene.

Antes

 Depois
Esta espécie tem também uma casca espectacular.

Altura, cerca de 80 cms!

Mário Eusébio

02/01/2012

Quercus suber XXL

Aproveitei também a ajuda do Pedro, para fazer os primeiros trabalhos neste sobreiro. Esta árvore concerteza será a última árvore com esta dimensão na minha coleção, pois agora é muito dificil manejar árvores deste porte.

No Fundo o trabalho, foi escolher uma frente, eliminar uma das possibilidades de tronco, podar e deixar a continuação do tronco aramada para o futuro. Terei ainda que trabalhar a madeira morta, para tornar os cortes feitos mais harmoniosos. O ápice será deixado a crescer livre durante muito tempo para ganhar grossura suficiente para ser tratado como continuação do tronco e com a devida conicidade!

A Frente escolhida!

O Pedro a serrar o tronco que ía ser descartado! Dá para ter a noção do diametro do tronco!


O tronco já cortado, ficando para já o corte assim, para mais tarde ser trabalhado por forma a parecer natural.
 Com o corte feito, já dá para ter a noção da linha do tronco.
Estrutura de ramos definida e com o ápice orientado para futuramente assumir a continuação do tronco.
O próximo passo em breve, será o trabalhar os dois cortes, o da parte de trás e o da frente, onde está agora a parte terminal do tronco.


Na próxima época será fortemente adubado para potenciar o desenvolvimento da continuação do tronco!

Mário Eusébio