10/10/2010

Retoques na balsa de pinus silvestris


Estive a cortar agulhas e a retocar o silvestre multi-tronco. Para já vai evoluindo lentamente, espero no próximo ano aumentar a ramificação e equilibrar as agulhas!


Mário Eusébio

4 comentários:

Rodrigo Sousa disse...

Viva Mário.

Esta arvore é mesmo magnifica..

Completamente cheia de vida,parece que fala,um dinamismo, equilibrada,real..

Tens aí um Pinheiro (e trabalho) para ser um Bonsai maravilhoso anos e anos.

A melhor sorte com ele.

Cumprimentos
Rodrigo

Nelson disse...

Olá Mário,

muito bom mesmo.

Ainda este fim-de-semana na exposição anual da ALB no Jardim Botânico de Lisboa - que aproveito para dizer correu lindamente e com uma afluência do público geral acima do esperado - falamos algumas vezes entre sócios dos vários exemplares de Silvestris do Mário que "conhecemos" pela net.

Apesar de já termos contado com algumas espécies autóctones que os diversos sócios têm vindo a trabalhar nos últimos anos um expemplar como este mostrado aqui enriqueceria qualquer exposição.

Parabéns e continuação dos bons trabalhos com esta espécie fabulosa porque para além deste exemplar tem outros também com muito potencial e já com boa qualidade de trabalho próprio!

Cumprimentos
Nelson

Márcio Meruje disse...

Uma das árvores que particularmente gosto da tua colecção !

O ramo do lado esquerdo na árvore do meio e a árvore do lado esquerdo, podem ser melhorados... Talvez com uma redistribuição desse ramo mais para a retaguarda e um reposicionamento da árvore do lado esquerdo... Mas isto... com tempo !

A ideia está lá !

Abraço,

Mário Eusébio disse...

Viva Pessoal!

Muito obrigado pelos comentários!

É também uma das árvores que mais gosto, no entanto ainda falta muito para que possa ter as coisas como quero, tenho densificar e ordenar os patamares. Com a agulha assim grande e com alguns ramos ainda para retirar ou encurtar a imagem não fica tão clara quanto se desejaria. Na zona do ápice ainda falta muita ramificação e o "desenrolar" de algumas curvas que foram necessárias para enquadrar a massa verde dentro da linha. Mas é como dizem aos poucos a coisa vai melhorando, ainda é um projecto muito recente, por isso nos próximos 6 a 7 anos deverei já ter uma árvore mais apresentável.

Mais uma vez obrigado!

Cmpts,

Mário Eusébio