08/08/2010

Olea silvestre Han-kengai!?

Esta oliveira silvestre tem cerca de 50 cms de altura por 80 de envergadura, contando com o ramo grande da direita, um ramo que marca a diferença pelo movimento que tem, mas será que se pode considerar uma semi-cascata?

Está comigo há 3 anos e tenho vido a desenvolver a ramificação sempre a contar com esse ramo/tronco, mas no ramo mais alto existem zonas que tenho que corrigir, pois o tronco faz em alguns sitios ligeiras inversões na conicidade, por isso, vou deixar crescer livremente os ramos inferiores para potenciar o engrossar do tronco mais abaixo.

Depois de 1 dia inteiro para defoliar, ao fim de 15 dias já se vêem centenas de brotes novos a começar a abrir.

Mário Eusébio

3 comentários:

Nelson disse...

Olá Mário,

antes de mais espero que esteja a recuperar bem após a sua intervenção pessoal. Quanto à semicascata: assim como está agora o ramo apesar de ter algum movimento parece muito horizontal. Por mim eu plantaria toda a árvore noutro ângulo no vaso de forma a que esse ramo realmente descesse ligeiramente. Não conheço bem a planta, mas se calhar também conseguiria resolver assim o outro "problema" da conicidade?!

Nelson

Nelson disse...

Aliás, olhando bem para a foto (não conheço a árvore de outros ângulos) não sei até se não eliminava o tronco que segue para cima de uma forma bastante direita e com a tal questão de conicidade inversa.
Após plantar noutro ângulo ficava a haste a descer com todo aquele movimento e o primeiro toco que se vê à direita serviria para criar então a semi-cascata... uma opinião...

Mário Eusébio disse...

Viva Nelson!

Obrigado!

Efectivamente, a solução de fazer uma cascata mais tradicional já foi equacionada, no entanto, ao optar por essa solução, teriamos mais uma cascata perfeitamente clássica e vulgar! Ao deixar a árvore como está, passaremos a ter uma árvore diferente e única, que prefiro não ver enquadrada num estilo clássico, mas com isso despertar outras sensações no Observador!

Com folhas e com os ramos inferiores mais desenvolvidos, acho que terei uma imagem mais harmoniosa.

Mais uma vez obrigado!

Cmpts,

Mário Eusébio