07/06/2010

Pinheiro silvestre


Este pinheiro aos poucos vai evoluindo, as agulhas este ano reduziram muito e densificou também muito bem, aumentando o nr. de brotes terminais.


Com pinheiros os progressos são graduais, por isso é preciso esperar alguns anos até ter uma árvore com um aspecto maduro.


Mário Eusébio

2 comentários:

Nuno Encarnação disse...

Viva Mário!

Olhando para a foto, queria te perguntar se não consideraste baixar um pouco o topo, para fazer a árvore mais baixa e mais compacta. Neste momentos, aparece ter duas secções definidas mas pouco unificadas, uma até ao primeiro ramo (incluído) e outra na parte superior, a partir da zona que está aramada.
Abraço,

Mário Eusébio disse...

Viva Nuno!

Efectivamente neste momento dá o aspecto que referes, mas quando a parte superior se densificar mais, penso que resolverá esse problema. A ideia é fazer uma árvore mais alta e menos compacta, um pouco com traços de bunjin. Também a fita preta na continuação do tronco prejudica a imagem, pois dá uma sensação de ser um tronco muito mais fino do que o que é.

Este é um projecto que vai demorar pelo menos uns 10 anos a ficar minimamente convicente é uma das desvantagens dos pinus, mas por outro lado é uma das coisas que me atrai, o desafio constante.

Abraço

Mário Eusébio